O TUDO COOPERA! TEM O MAIOR PRAZER EM RECEBER SUA VISITA, ESPERO, DE ALGUMA FORMA, SOMAR COM VOCÊ QUE É SEMPRE MUITO BEM VINDO. VOLTE SEMPRE!

O blog tem este nome porque, eu realmente creio que tudo que acontece, bom ou ruim, acaba contribuindo para o bem, para o crescimento, o amadurecimento, de quem se deixa moldar dentro do processo. Mesmo que na hora não se perceba tal coisa.

domingo, janeiro 07, 2018

Gratidão Perene!








Gratidão!
Permanente e com alegria!
É preciso lembrar para sair da mesmice e manter em mente e no coração que há o sobrenatural.
Que o sobrenatural é o normal.
Tudo passa! Coisa boa! Mas é preciso lembrar.
Passa o ruim e passa o bom, mas, algo fica. Fica a gratidão por tudo. Pelo ruim, pelo bom e pelo ruim que se transforma em bom. Até mesmo pelo que ‘parece bom’ e vem a se tornar ruim.
A gratidão pela transformação ocorrida, pelo crescimento, pela consciência adquirida, conquistada através da vivência dos bons e maus momentos.
Gratidão pela vida da minha filha, que foi mantida pelo Senhor da Vida, há 12 anos!
Exatamente 12 anos hoje!
Louvo, exalto e glorifico ao Senhor que há 12 anos trouxe minha filha de volta quando, devido ao angioma cavernoso que estourou no cérebro dela teve uma convulsão completa ficando com o rosto todo roxo. Eu gritei por Jesus e ela voltou.
O neurocirurgião ao olhar os exames disse que podia ter morrido. São muitas coisas, inclusive, na mesa de cirurgia Deus fazer sumir este angioma para a glória d’Ele!
Há muito para agradecer! Sempre! Este certamente, sempre será lembrado e comemorado com grande alegria e júbilo.
OBRIGADA MEU SENHOR!!
“Bendize oh minh'alma ao Senhor e não se esqueça de nenhum de seus benefícios." (Sl 103:2)
"Que darei ao Senhor por todos os seus benefícios para comigo?" (Sl 116:12)

Mesmo sendo pecadora Tu me amas e cuida de mim.
Agradecida.
Abençoada.
Feliz!


Com carinho,
                         Lúcia Barros



terça-feira, outubro 31, 2017

REFORMA PROTESTANTE – 500 ANOS!




REFORMA PROTESTANTE – 500 ANOS! 

                              Lúcia Barros

E tanta coisa continua igual!
Tanto no contexto eclesiástico quanto no contexto secular.
O homem é o mesmo. O coração continua precisando ser guardado, protegido e, principalmente, transformado!
Há 500 anos houve quem discordasse da situação reinante e tomou uma atitude que se transformou em História. Aqui estamos comemorando 500 anos deste feito.
Gosto sobremodo da frase “o homem é filho do seu tempo” e, concordo. Mas o coração, gerador de todas as coisas más e boas que se evidenciam em nós, é “desesperadamente corrupto”, conforme já disse Jeremias (17:9) nos idos de 605 a.C.. Há 500 anos e hoje, o coração humano, que é mau desde a meninice (Gn 8:21), continua precisando ser transformado.
Martinho Lutero mudou a História porque teve seu coração mudado.
Foi genuína sua revolta e arrebatou outros tantos consigo sendo que, muitos para a morte. Normalmente mudanças não ocorrem com tranqüilidade. Sobretudo as sociais.
Buscamos manter cada coisa dentro de um escaninho sem que nunca se misturem. Sendo seres inteiros e integrados, quando saudáveis, não há como deixar tudo separadinho.
A Reforma Protestante influenciou toda a sociedade. A política, a economia, a organização social, o comércio, etc., tudo foi tocado pela fé de um homem que descobriu a GRAÇA! Hoje, 500 anos depois sua atitude, gerada pela transformação do coração tocado pelo Espírito Santo, continuamos sentindo seus efeitos.
Lutero, com sua maravilhosa fé, capacidade intelectual e inteligência, não só colocou os 5 Solas (Graça, Fé, Escrituras, Cristo e somente a Deus glória) para a igreja, como seu pensamento evoluído colocou crianças na escola, dignidade para as mulheres, compositores que com suas maravilhosas músicas atravessam séculos mostrando sua arte, dentre eles, Johann Sebastian Bach, George Frederic Handel, (Messiah ou Hallelujah de Handel).
Toda a sociedade européia sendo mudada pela FÉ de um homem que o levou a atitude! Claro, que ele não esteve sozinho e, tudo tem um processo. Seu ato, ao pregar as 95 teses nas portas do castelo de Wittenberg foi o ápice daquele contexto da História que iniciou a Reforma Protestante. Mesmo com todos os interesses escusos dos corações gananciosos dos homens,
DEUS É O SENHOR DA HISTÓRIA!

Com carinho,
Abraço!
                Lúcia Barros

Nenhum texto alternativo automático disponível.

domingo, outubro 15, 2017



PRAZER EM FAZER!
Lúcia Barros






Há alguns dias tive o privilégio de ouvir de um ex-aluno algo que me faz rir de orelha a orelha só de lembrar.
Se foi a primeira vez que isso aconteceu?
Graças a Deus não!
Para um professor ouvir que suas aulas, principalmente quando, como no caso, a pessoa assistiu poucas aulas, e, estas fizeram diferença no seu viver!
Houve transformação!
Transformação duradoura!
Isso ocorreu há anos atrás!
É gratificante!
Afinal, este é o meu objetivo: TRANSFORMAR VIDAS!
Ousadia excessiva?
Creio que se assim não for, não vale o esforço.
Sou grata a Deus por todos que, de uma forma ou outra, pude deixar algo de bom. Algo que o fez melhor!
É! Há os que não admitem que assim foi, mas, a própria ação e reação deixam explícito a verdade.
A dificuldade de admitir ser ensinado por uma mulher ainda existe e, sobretudo nas igrejas.
São muitas experiências.
Experiências estas, que me tornaram uma pessoa melhor.
Mesmo as mais difíceis.
DIA DO PROFESSOR!
Tenho prazer em transferir conhecimento, em alargar as janelas!
Em ajudar a Caminhar Com Consciência!
Agradeço ao Pai de Amor pelo chamado, capacitação constante e prazer e alegria na execução da tarefa confiada!

FELIZ DIA DOS PROFESSORES A TODAS E TODOS QUE O SÃO!

Com carinho,
                Lúcia Barros


quinta-feira, setembro 14, 2017

Ausência









"Não há ausência de beleza,
há ausência de sensibilidade.
Ausência de si mesmo pelo excesso de eu."
                          
                                 Lúcia Barros


















Nenhum texto alternativo automático disponível.

quinta-feira, julho 20, 2017

AMIZADE PARA A VIDA TODA










AMIZADE PARA A VIDA TODA

Lúcia Barros



São muitas as pessoas que assim pensam e dizem.

AMIZADE VERDADEIRA É PARA TODA A VIDA.

Se assim não for, não era verdadeira e, nem mesmo era amizade.

Discordo!

Como uma pessoa que acredita que tudo é processual, não vejo a amizade e nem muitas outras relações assim.

Não é que nada é para sempre. Pode, e de preferência, convém que assim seja. Para sempre! Mas, muitas vezes não é possível e não tem que ser. Não é regra. A vida oferece muitas vertentes e, a liberdade de escolha, ou a não escolha, acabará conduzindo por caminhos diferentes.

Alguém, uma amiga ou um amigo, pode caminhar com você um longo percurso e ser verdadeiro. Então chega uma bifurcação e cada um escolhe continuar por um dos lados. O que foi vivido até então se torna mentira? Só se durante o caminho percorrido houve hipocrisia de uma das partes, caso contrário, foi verdadeiro. A partir de então os encontros fortuitos na caminhada propiciará bons momentos de recordação. Alguns em conjunto, outros, com outras pessoas que vão se achegando, conforme a trilha escolhida.

Que a amizade é algo para ser cultivado e valorizado é sabido.

Que as reclamações e lamentações sobre a impermanência e a busca de interesses próprios nas relações são uma constante, também é sabido.

Gosto sempre de partir do ponto, e eu?

Eu sou uma amiga digna de confiança?

Sei ouvir com atenção e calar para todos os outros ouvidos o que a mim foi confidenciado? Todos buscamos alguém de confiança, mas, o bom é se fazer alguém de confiança!

Sou uma amiga presente, mas, que sabe respeitar o espaço do ente querido? É tão fácil invadir e achar normal. ‘Jogar verde para colher maduro’ em situações que não foram expostas, para não parecer invasivo. O próprio pensamento sendo imposto sobre as decisões que ela ou ele assume. Discordar é legítimo e parte de um relacionamento saudável. Apoiar se não é errado nem fere a dignidade, é fundamental para que seja chamada de AMIGA! Ou AMIGO!

Sei escutar sem julgar?

São tantas as vezes que a amizade, ou qualquer outro tipo de relacionamento, vai esfriando por não poder falar o que se pensa, mostrar-se como se é! Já se sabe de antemão as condenações, críticas, piadinhas e, o pior de tudo, pontadas, cutucadas que virão no decorrer do tempo. É a minha caixinha, e ela só cabe o que é do meu jeito. Qualquer outra forma ou tamanho torna-se esquisito.

Sou interesseira?

Naturalmente sei que há troca. O relacionamento interpessoal é a interação entre pessoas. Então, tem que haver algum tipo de troca. TROCA! Não alguém sugar o outro até o esgotamento deste. Sim, existem parasitas que amam e são amigos queridos.  Mas, eu sou assim? Será que quero, ou até mesmo exijo, o que não ofereço? Aí complica!

Detectar alguns pontos negativos em nós mesmos, não é ser pessimista nem ter baixa estima. É ser realista e localizar algo para ser combatido, destruído ou transformado para melhor. Processo! Olha ele aí! Constante e paulatino.

Amizade!

Bem que modifica a vida e o viver!

Busque ser a amiga ou o amigo que quer ter. Acabará encontrando pelo caminho verdadeiros e preciosos irmãos!

Com carinho, 
                              Lúcia Barros