O TUDO COOPERA! TEM O MAIOR PRAZER EM RECEBER SUA VISITA, ESPERO, DE ALGUMA FORMA, SOMAR COM VOCÊ QUE É SEMPRE MUITO BEM VINDO. VOLTE SEMPRE!

O blog tem este nome porque, eu realmente creio que tudo que acontece, bom ou ruim, acaba contribuindo para o bem, para o crescimento, o amadurecimento, de quem se deixa moldar dentro do processo. Mesmo que na hora não se perceba tal coisa.

sexta-feira, outubro 29, 2010

O Presidente Que Quero. Utopia?



O Presidente Que Quero. Utopia?




Como mulher,
não quero uma mulher presidente.
Quero uma pessoa que seja íntegra, que respeite a opinião
alheia,
que não use a força, o poder, para fazer as situações convergirem a seu favor, 
garantindo-se através do aparelhamento do Estado.
Quero como presidente alguém que, quando confrontado a respeito do seu pensar, não responda conforme a plateia. 
Não tem que pensar desta ou daquela maneira, mas tem que ter personalidade,
não autoritarismo respaldado na força do poder e no poder da força. 
Quero uma democracia (criticada ou não, mas por isto mesmo democracia) que não seja usada para levar ao fascismo ou à ditadura.

Como cristã, (praticante)
quero alguém que respeite a laicidade do Estado, 
que não queira impor sua fé ou ausência de fé, 
na calada da noite com decretos, leis, MPs, 
através de subterfúgios.  
Quero que a Constituição seja respeitada como o que é ( ou deveria ser) 
a Carta Magna do país.
Quero um presidente que não mande no Judiciário, não manipule o Legislativo e execute o que é seu dever e  também seu direito, adquirido democraticamente. 

Quero um presidente que represente meu País, 
que saiba que sua ideologia, seu partidarismo, seus companheiros ( nacionais ou internacionais) 
não estão acima do Estado. 
Que os bens do Estado não são negociáveis conforme a ideologia de ninguém. 

Quero um presidente que, mesmo que erre,
seja tentando acertar, fazer o melhor, como qualquer ser humano. 
Que não lese a Pátria, não diminua a maior Cadeira De Autoridade do meu País.
Não passe atestado de "burrice", chamando o povo de burro, 
enquanto se esconde atrás de uma aparente "simplicidade" e, 
espertamente se enriquece, e aos seus. 

Quero um presidente honrado, digno, respeitado e respeitador, cuja inteligência seja usada para um bem maior. 

Quero um Estadista!

Quero um presidente que não só reconheça os seus erros, como os acertos dos adversários, e respeite-os, no mínimo, como seres humanos.
Quero um presidente digno o bastante para nunca ser enquadrado pelo Ministério Público.

Quero escolher pela capacidade e capacitação. 
Não pelo genero, fé, ou qualquer outro meio que acaba sendo preconceituoso e diminuindo a todos.

Quero, se possível, alguém ilibado para ser presidente do meu país e elevar, a tão duvidosa Ética e combalida Moral dos 3 Poderes e fazer o 4º (imprensa) ser respeitado e respeitar a todos.

Quero partidos com ideologia para que todos possam se localizar e identificar-se ideologicamente, não oportunismos e oportunistas que usam de má fé e deixam o Legislativo cada vez mais empobrecido e, os legisladores cada vez mais ricos. 

Utopia? 
Alienação?

A aplicação das leis, com punição adequada e justa para todos os culpados faria toda a diferença. 
Mas, com um Estado aparelhado, um Legislativo vendido, um Judiciário amarrado e o Executivo manipulado, 
IMPOSSÍVEL!


                                              Com carinho,
                                                                      Lúcia Barros